ATIVIDADES

Governo de Minas Gerais e Codemge apoiam congresso internacional de grafeno

16 de setembro de 2019

Graphene Brazil reúne principais autoridades do setor no Rio de Janeiro.

Na semana passada (9 e 10/9), o Rio de Janeiro sediou o Graphene Brazil International Summit 2019. Realizado no Palácio do Itamaraty, o evento reuniu representantes nacionais e internacionais de empresas, universidades, associações e entidades de pesquisa ligadas ao grafeno. O Governo do Estado de Minas Gerais, por meio da Companhia de Desenvolvimento de Minas Gerais (Codemge), é o principal patrocinador da conferência.

O objetivo do congresso foi estreitar o relacionamento entre os principais players do segmento e áreas correlatas ao grafeno, discutir as últimas tendências em pesquisa e estimular novos negócios.

A programação do Graphene Brazil foi aberta com a palestra do físico russo-britânico Konstantin Novoselov, ganhador do Prêmio Nobel pelo trabalho de pesquisa que levou à descoberta do grafeno, junto a Andre Geim.

Ganhador do Prêmio Nobel de Física Konstantin Novoselov visita estande do projeto MGgrafeno durante o Graphene Brazil 2019

O grafeno é um material de carbono criado em 2004, que tem revolucionado várias áreas do conhecimento e da indústria por suas propriedades únicas, como alta condutividade térmica e elétrica, maleabilidade e força. Entre outros materiais, ele pode ser extraído do grafite – e o Brasil é o terceiro maior produtor mundial. Minas Gerais lidera a produção nacional, com mais de 70% do total extraído no país.

Por isso, em parceria com a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e o Centro de Desenvolvimento da Tecnologia Nuclear (CDTN), a Codemge desenvolve desde 2016 o Projeto MGgrafeno para a implantação da primeira fábrica de grafeno do Brasil. Por meio do Projeto, a Companhia promoveu um estande no centro de exposições do congresso. Três coordenadores do MGgrafeno participaram do painel de palestrantes, os professores Clascídia Furtado, Flávio Plentz e Luiz Gustavo Cançado.

Equipe Codemge presente no evento, realizado no Palácio do Itamaraty, no Rio de Janeiro/RJ.

Projeto MGgrafeno

Novo vídeo institucional sobre a iniciativa

Localizada no campus da UFMG, em Belo Horizonte/MG, a planta-piloto do Projeto MGgrafeno está em operação, com capacidade de mais de 150 kg de grafeno por ano. A tecnologia desenvolvida é reprodutível, escalável e com baixo custo. Além disso, todo o resíduo é reutilizado ou reciclado, o ar é monitorado e 100% da água retorna ao processo, tornando a planta ecologicamente correta e sustentável. A previsão é que a planta industrial seja instalada até 2022. Os investimentos da Codemge no projeto são da ordem de R$ 50 milhões.

Planta-piloto do Projeto MGgrafeno, em Belo Horizonte

Alta Tecnologia

O Governo do Estado e a Codemge têm se dedicado a estimular projetos e novas oportunidades no nicho de empresas de alta tecnologia e inovação no território mineiro, incluindo materiais portadores de futuro, como o grafeno. A Diretoria de Fomento à Alta Tecnologia da Companhia foi especialmente criada para estimular este importante eixo estratégico, segmento de mercado que cresce dia após dia.

Buscando dinamizar a economia mineira e elevar sua vantagem competitiva, a Codemge tem promovido investimentos diversificados em novos modelos de negócio e segmentos estratégicos, como biotecnologia e ciências da vida; eletroeletrônica, semicondutores e telecomunicações; aeroespacial, automotivo, química, defesa e segurança; medicamentos e produtos do complexo da saúde; novos materiais, tecnologia de informação, ciência e sistemas de computação.