ÁREAS DE ATUAÇÃO

Codemge apoia a Semana Internacional do Café 2019

18 de novembro de 2019

Belo Horizonte recebe, de 20 a 22 de novembro, o principal encontro da cadeia produtiva no Brasil

O Governo do Estado de Minas Gerais, por meio da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa) e da Companhia de Desenvolvimento de Minas Gerais (Codemge), juntamente com o Sistema Faemg, a Café Editora e o Sebrae, promovem a sétima edição da Semana Internacional do Café (SIC). De 20 a 22 de novembro de 2019, das 11h às 20h, no Expominas Belo Horizonte, o principal encontro do país irá reunir agentes de toda a cadeia produtiva cafeeira.

Além de posicionar e consolidar Belo Horizonte como a capital mundial do café, apoiando a cafeicultura e valorizando o café mineiro no mercado mundial, o evento fortalece Minas Gerais como origem produtora de cafés de qualidade, bem como na geração de negócios, na promoção do turismo, na capacitação e na disseminação de conhecimentos referentes a temas relevantes para o cultivo, o beneficiamento e a comercialização sustentáveis do produto.

A SIC contará com a participação de produtores, fornecedores de insumos, máquinas e equipamentos, certificadores, torrefadores, varejistas, exportadores e compradores internacionais, técnicos agrícolas, engenheiros agrônomos, pesquisadores e apreciadores do café mineiro, além de cooperativas, instituições de ensino e entidades de classe, por exemplo. A extensa programação inclui encontros, seminários, cursos, concursos e sessões de cupping (prova de cafés), divididos em três eixos temáticos: Mercado & Consumo, Conhecimento & Inovação, Negócios & Empreendedorismo.

O objetivo é fortalecer a cadeia produtiva do café, valorizar a agricultura familiar e promover a consolidação da identidade da cafeicultura regional. Para a Companhia, congregar esforços e apoiar a política que busca fortalecer a cadeia produtiva do café constituem uma oportunidade de incentivar e promover desenvolvimento econômico na região cafeeira, por meio de uma linha de atuação que visa aumentar o reconhecimento do café produzido em Minas Gerais, agregando valor ao produto.

Saiba mais sobre o evento no site www.semanainternacionaldocafe.com.br.

Minas Gerais e o café

A cafeicultura é historicamente relevante para a economia mineira. Minas Gerais é o maior estado produtor do Brasil, com 33,4 milhões de sacas na safra 2018, o que representa 54% de toda a produção brasileira (Conab, 2018). O café está presente em aproximadamente 70% dos municípios mineiros (IBGE, 2015), compreendendo um parque cafeeiro de mais de 1 milhão de hectares.

Em 2017, foi lançado o Geoportal do Café, projeto pioneiro no Brasil que visa contribuir para a excelência de uma das principais atividades econômicas de Minas Gerais. A plataforma tecnológica tem a participação da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater-MG), da Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig) e da Seapa, com a parceria da Codemge e da Fundação João Pinheiro (FJP). Cerca de R$ 6 milhões, sendo R$ 4 milhões oriundos da Codemge, foram investidos em veículos, drones, recursos humanos e softwares que possibilitaram o mapeamento das áreas de cultivo no estado.

A reunião de dados socioeconômicos e geoespaciais é essencial para subsidiar políticas públicas e investimentos privados de toda a cadeia produtiva. Por meio da plataforma, o produtor pode localizar sua propriedade e realizar melhor planejamento e gestão da atividade. Para os gestores municipais e estaduais, os dados disponíveis podem facilitar o direcionamento de ações para todas as regiões. O geoportal é a primeira fase do Observatório da Agricultura, considerado um projeto ainda mais amplo para contemplar as principais cadeias produtivas mineiras. Acesse o Geoportal do Café em www.portaldocafedeminas.emater.mg.gov.br

A Codemge

A Codemge pauta suas ações em três grandes eixos estratégicos: Mineração, Energia e Infraestrutura; Indústria Criativa; e Indústria de Alta Tecnologia. A empresa investe em vários segmentos, como materiais estratégicos e energia, levantamento geológico e geofísico, setores aeroespacial e de defesa, biotecnologia, distritos industriais, turismo de lazer e negócios, moda, gastronomia e audiovisual. Sua múltipla atuação está voltada para que as riquezas do Estado gerem novas oportunidades de investimentos, aumentem a competitividade e propiciem bons negócios para o setor produtivo mineiro. Outras informações em www.codemge.com.br.